A poesia na sala de aula

A poesia é a fala do coração. Use-a para aproximar-se do seu aluno e ajudá-lo a desenvolver o gosto e o prazer pela leitura.
A conquista nasce de um carinho, de um toque, de uma palavra certa na hora certa.
Não desperdice oportunidades. Se for preciso, crie, invente... Deixe a imaginação voar livremente.


"Sei que meu trabalho é uma gota no oceano, mas sem ele, o oceano seria menor ". Madre Teresa de Calcutá.

“Educar é como dirigir em uma estrada cheia de curvas, exige atenção redobrada, pois, à medida que avançamos, um pouco mais nos é revelado". Silvia Trevisani

"Toda mudança começa primeiro em nós".

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

QUERO PRAIA

 

Inteligente essa nossa gente!
Povo alegre e fraterno...
Vejo cenas comoventes,
vivo momentos eternos.
Tenho orgulho de ser brasileira,
mesmo vivendo em meio à corrupção.
A corrupção é praticada pela menoria
e eu gosto mesmo é do povão.
O povo das praias e da areia,
do funk, do samba e do pagode.
Gosto de ver crianças brincando na rua,
imagem que balança
e que sacode!
Gosto de andar no calçadão da Praia Grande,
de Guarujá ou de Ubatuba...
Fazer trilha e tomar água de coco,
Gosto de comprar biju nas barraquinhas,
de andar de banana,
de passar sufoco.
Não vejo a hora de pegar férias,
Juntar minha família,
e sair da raia.
Descer para Caraguatatuba...
ouvir Rádio Beira Mar FM.
Na verdade eu QUERO PRAIA!

de Silvia Trevisani - de Campinas SP

4 comentários:

Vendramini disse...

Boas férias.

Lázaro Piunti - ITU SP disse...

MENINA NA PRAIA!

Ela se reclina na manta
E suavemente ela canta
Os males todos espanta.

Sonha! E se liberta da saia.
Cochila. Descansa! Desmaia!
É Silvia! A princesa da praia!


LaJoPi
Itu sp
(nasceu agorinha o poeminha)!!!

Fanzine Episódio Cultural disse...

“Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, ou por sua
origem, ou sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender, e se elas podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar, pois o amor chega mais naturalmente ao coração humano do que o oposto. A bondade humana é uma chama que pode ser oculta, jamais extinta."

(NELSON MANDELA)

Lázaro Piunti disse...

Lázaro Piunti - ITU sp

Lamento por você.
A chuva, embora necessária e generosa,
atrapalhou seus planos.
bj
Bom ano novo.
LJP